quinta-feira, 7 de junho de 2012

CANDIDATOS QUE DESEJAM CURSAR MÚSICA NA UFAL DEVEM TER APROVÇÃO NO ENEM - ALUNOS SÓ PODEM FAZER TESTE DE APTIDÃO APÓS OBETENÇÃO DE NOTA NO EXAME NACIONAL



Os interessados em ingressar no Curso de Graduação de Música na Universidade Federal de Alagoas (Ufal), em 2013, devem participar de dois processos seletivos: Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e Teste Específico de Música. Somente os candidatos aprovados nessas duas etapas poderão entrar na academia.

A aprovação no Enem é o primeiro passo à entrada na graduação.Segundo o coordenador do Curso de Música, Milson Fireman, muitos candidatos acreditam que só necessitam do Teste Específico parao acesso à graduação na Ufal. “É comum nos perguntarem se há necessidade de fazer o Enem”, disse.

O coordenador relatou que em muitos casos candidatos desejam se inscrever na avaliação de aptidão musical sem terem feito a prova do Enem. Mas, ele explica que essa etapa é eliminatória e só é permitida aos aprovados no exame de conhecimentos gerais.

Teste Específico de Música

O Teste Específico de Música é composto por uma prova escrita, outra de percepção musical e, por fim, uma avaliação de desempenho musical. “Essa etapa tem o objetivo de avaliar os conhecimentos musicais teóricos e práticos dos candidatos”, explicou Milson Fireman.

Ainda segundo ele, a avaliação julgará a aptidão dos concorrentes e não influenciará na classificação geral do Enem, pois os alunos que não forem aprovados nessa fase poderão utilizar a sua pontuação obtida no Exame Nacional para tentar vagas em outros cursos tanto na Ufal quanto em quaisquer instituições de ensino superior que aceitem o Sistema de Seleção Unificada(Sisu).

Graduação em Música

Ingressar na graduação em Música é uma oportunidade de desenvolver um talento e se qualificar profissionalmente. “O curso contribui para a formação de profissionais para o ensino de música em escolas da rede pública e/ou privada na educação infantil, no ensino fundamental, médio, técnico e em outros espaços educativos”, comentou Milson Fireman.

Em 2008, o Governo Federal aprovou a lei 11.769, que altera dispositivos da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) de 1996, incluindo o ensino da música como obrigatório na educação básica. As escolas tiveram até agosto do ano passado para se adaptarem as exigências do Ministério da Educação (MEC).

A Ufal oferece o curso em Licenciatura de Música com habilitações em canto e instrumento. No caso desse último, são ofertadas três opções: violino, clarinete e piano. Para mais informações quanto ao processo seletivo ao Curso de Música da Ufal visite osite da Comissão Permanente do Vestibular (Copeve)ou entre em contato pelo telefone (82) 3322-3697.

Inscrições

As inscrições do Enem já estão abertas e vão até o dia 15 de junho. As provas serão realizadas nos dias 3 e 4 de novembro. Mais informações acesse o endereço eletrônico ou a página de inscrições. Já para os candidatos ao Curso de Música, o Teste Específico terá seu calendário divulgado pela coordenação por meio de edital, a ser divulgado em breve.

Por: Bruno Cavalcante – estudante de Jornalismo

Fonte: http://www.ufal.edu.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário