sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

CONCERTO DE NATAL - PARTE 2 - BANDA DE MÚSICA DE SANTO AMARO/SC


video

CONCERTO DE NATAL PARTE 1 - BANDA DE MÚSICA DE SANTO AMARO/SC

video

VALSA "ROYAL CINEMA" DO COMPOSITOR SERIDOENSE TONHECA DANTAS ESTÁ PRESTES A COMPLETAR 100 ANOS DE EXISTÊNCIA

    


Carnaúba dos Dantas é conhecida pelo seu potencial musical. A cidade, ao longo de sua existência já revelou consagrados músicos como Tonheca Dantas, José Alberto Dantas, Pedro Arboés Dantas, Pedro Lúcio Dantas, Enéas Hipólito Dantas, Manuel Hipólito Filho (Fumaça), Felinto Lúcio Dantas, Francisco Rafael Dantas (França), Carlos Guedes Câmara, José Donato Filho, Márcio Dantas de Medeiros, Joelson Idevan de Azevedo e tantos outros.


A mais antiga referência que se tem da atividade musical de Carnaúba dos Dantas está ligada ao nome de José Venâncio Dantas, filho do Tenente-Coronel João José Dantas e da escrava alforriada Vicência Maria do Espírito Santo. Sertanejo humilde tocava requinta e violino e regeu a famosa Banda de Música da Carnaúba de Baixo, onde residia. Compôs várias músicas, dentre elas o Hino de Nossa Senhora da Guia (o primeiro), Padroeira de Acari. E foi nesta mesma banda que tocou Antônio Pedro Dantas, mais conhecido como Tonheca Dantas (foto), que era irmão de José Venâncio. Tonheca foi quem criou uma das mais famosas composições instrumentais, que rompeu fronteiras até nacionais: a "Valsa Royal Cinema", que está prestes a completar 100 anos de existência. Não há uma orquestra, banda sinfônica ou conjunto musical no Brasil que não possua as partituras e não execute Royal Cinema, uma das composições que se tornou clássica. Já na infância, Tonheca conciliava o trabalho duro na agricultura com a arte de tocar clarinete. Cláudio Galvão conta em seu livro "A Desfolhar Saudades - Uma biografia de Tonheca Dantas", que ele jamais teve formação superior como músico, sendo autodidata. Em 1898 foi contratado como maestro da Banda de Música da Polícia Militar do RN, função que exerceu por três anos. Depois tentou a sorte em estados como Paraíba e Pará, retornando em 1911 para Natal, onde passou a integrar a Banda de Musica da PM.


Royal Cinema foi criada em 1913, a pedido do famoso Cinema Royal que acabara de ser inaugurada na Capital do RN. O local funcionava na Rua Vigário Bartolomeu com a Ulisses Caldas. Hoje funciona a Procuradoria Geral de Natal. A valsa de Tonheca fez tanto sucesso, que foi tocada exaustivamente pela Rádio BBC de Londres, durante a Segunda Guerra Mundial, infelizmente executada como sendo de "autor desconhecido". Tonheca faleceu no dia 07 de fevereiro de 1940. Hoje com 97 anos de existência, Royal Cinema vai completar seu centenário de existência em 2013.


Fonte: http://marcosdantas.com/

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

PUBLICAÇÃO VALORIZA BANDAS DE MÚSICA



 
O Conservatório Pernambucano de Música recebeu o lançamento do livro “O Papel das bandas de música no contexto social, educacional e artístico”, do sociólogo Renan Pimenta de Holanda Filho. O evento encerrou a Semana da Músia, com apresentação da Banda Sinfônica do Conservatório. 

Na obra, as bandas de música são analisadas a partir de suas origens históricas e evolução, além do caráter estruturador delas, uma vez que se destacam também como instrumento voltado à formação profissional dos seus integrantes. A abordagem inclui a atuação desses grupos, sobretudo, em municípios interioranos, quartéis, igrejas e escolas. O livro, fruto de anos de pesquisa e vivência do autor em bandas de música, explora ainda as imbricações desses grupos com o universo circense, com o teatro e o Carnaval.

“A banda musical numa cidade do interior exerce grande influência nos vários setores da vida comunitária como sen¬do: social, artístico e cultural. Abrilhantando os festejos popu-lares, por exemplo, o Carnaval, as festas juninas, as retretas dominicais. A banda desperta a sociabilidade”, destaca o regen¬te e compositor José Mene¬zes, em texto de apresentação. Renan Pimenta dirige há mais de 20 anos a Banda Euter¬pina Juvenil Nazarena e atuou na fundação da Federação das Bandas de Música de Pernambuco.    

Fonte: http://www.folhape.com.br/index.php/caderno-programa/605412-publicacao-valoriza-bandas-de-musica

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

IMAGENS DO V ENCONTRO DE BANDAS FILARMÔNICAS DA CIDADE DE UIRAÚNA/PB REALIZADO DIA 30 DE NOVEMBRO DE 2010


















Fonte: http://www.uirauna.net/57anosUirauna/Album_30-11-2010_encontro-de_bandas.htm

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

1º BATALHÃO DE GUARDAS COMEMORA O DIA DO MÚSICO 2010








Rio de Janeiro-RJ – O 1º Batalhão de Guardas (Batalhão do Imperador – 1823), comemorou no dia 22 de novembro de 2010 o Dia do Músico. 

Na oportunidade a banda de música dos Granadeiros do Imperador apresentou o resultado do Workshop com a Orquestra Tabajara. 

O palco escolhido para este evento foi do Teatro Mario Lago, anexo ao  Colégio Pedro II na Unidade Campo de São Cristóvão. 

Na primeira parte do programa, sob a regência do 1º Tenente Helio da Silva Gonçalves, a Banda de Música apresentou peças musicais de artistas como Antonio Carlos Jobim e Vinícius de Moraes, Whitney Houston, Idriss Boudrioua, Lennie Nierau, Duke Ellington entre outros. Destacando ainda a participação do Grupo de Câmara Imperial e o naipe de saxofones desta Banda de Música. 

Após rápido intervalo, retorna ao palco a Orquestra Tabajara, hoje sob a regência e direção do Sr. Jaime Araujo, contou e executou sonoramente a trajetória desta renomada orquestra, de sua origem aos dias atuais. Foi um espetáculo inesquecível que levou emoção a todos os presentes. 

A platéia seleta, formada por músicos civis e militares (Exército Brasileiro, Força Aérea Brasileira, Marinha do Brasil, Policia Militar) do Rio de Janeiro, Resende, Niterói e diversas representações musicais da sociedade carioca, foram o sucesso do evento, pois a confraternização tornou-se um marco para as futuras comemorações a data alusiva ao dia do Músico e da Música na cidade do Rio de Janeiro. 

Ao encerrar, o Sr. Ten Cel Alfredo de Andrade Bottino - Comandante do 1º Batalhão de Guardas, prestou a homenagem à ORQUESTRA TABAJA, concedendo a MEDALHA CAPITÃO FRANKLIN - MÉRITO DO MÚSICO MILITAR em reconhecimento aos relevantes serviços prestados a arte musical especialmente as Bandas de Música do Exército Brasileiro. 

A Srª Profª Vera Maria Rodrigues (Diretora Geral do Colégio Pedro II) recebeu o diploma de amigos do Batalhão, pelo apoio para a realização do evento no Teatro Mario Lago. 

Por fim, após o almoço de confraternização da Orquestra e a Banda de Músico do 1º Batalhão de Guardas, foi ofertado a todos os integrantes da orquestra o diploma de amigo do Batalhão, materializando o reconhecimento do trabalho desenvolvido. 

Fonte: http://www.amiltonpassos.com/2010/12/1-batalhao-de-guardas-comemora-o-dia-do.html#links

Email enviando por: