17 de agosto de 2017

Alunos da rede Municipal de Ensino fazem visita a sede da Banda Euterpe Jardinense.

Na última quarta-feira, 16 de Agosto, o Maestro Ivanaldo(Sansão) recebeu na sede da Banda Euterpe Jardinense alunos da rede Municipal de Ensino. 

Na oportunidade os alunos conheceram um pouco do passado histórico da Euterpe Jardinense.

Esperamos que a nossa Banda continue brilhando e contribuindo ainda mais com a cultura da nossa cidade.

14 de agosto de 2017

Banda Euterpe Jardinense faz brilhante apresentação em Acari-RN


Ontem, Domingo, 13 de Agosto, a Banda Euterpe Jardinense realizou uma belíssima apresentação nas festividades de Nossa Senhora Daguia em Acari-RN.

Inicialmente a Filarmônica de Acari-RN abriu a noite de música e alegria apresentando duas peças. Logo em seguida foi a vez da Euterpe Jardinense sob a regência do Maestro Ivanaldo (Sansão) apresentar seu repertório.

Na oportunidade,agradeço em nome de todos que compõem a Euterpe Jardinense o convite por parte da Associação Cultural Maestro Felinto Lúcio Dantas. Como também ao público presente que nos acolheu e nos aplaudiu.

Por fim, parabéns a todos que compõem a Euterpe Jardinense,que continuem encantando com a música, perpetuando nossa cultura e levando o nome da nossa querida Jardim do Seridó-RN por onde se apresentarem.

Vídeos da apresentação abaixo:

                                      video


                                      video












12 de agosto de 2017

Banda Euterpe Jardinense se apresentará em Acari/RN nas festividades de Nossa Senhora Daguia 2017.


A convite da Associação Cultural Maestro Felinto Lúcio Dantas ,a Banda Euterpe Jardinense se apresentará no próximo dia 13 de agosto na Festa de Nossa Senhora Daguia em Acari/RN. A apresentação será em frente à Igreja Matriz, logo após a Novena.
Com um repertório bastante inovado, que buscam uma interação com o público,a Banda Euterpe vem se apresentando nos mais variados eventos de Jardim do Seridó e como também na região do seridó neste ano de 2017.

Por fim, o Blog do Programa Coreto apoia e parabeniza a Banda Euterpe Jardinense por está levando sua História e o nome da nossa querida Jardim do Seridó aos eventos que participam.





11 de agosto de 2017

I Encontro de Trompas de Cruzeta-RN 26 e 27 de Agosto

Professores do 1° Encontro de Trompas de Cruzeta-RN
Direcionado para jovens trompistas, pretende-se oferecer contínuo ensino musical por meio de classes de trompas individual e em grupo, leitura, trabalho do repertório para trompa brasileiro e clássico, palestras e prática de grupos de câmeras. 

Tem como objetivos promover a troca de conhecimento entre professores e alunos de trompa, bem como, estimular o estudo no instrumento "Trompa" e ampliar o senso camerístico (trabalho em grupo) dos alunos.

Marterclass com foco nos principais assuntos (sonoridade e respiração, exercícios de técnicas, repertório popular e clássico e música de câmara).

Assistência aos estudantes de trompas da Banda de Cruzeta-RN e das Bandas das cidades vizinhas entre outros.

Obs: As vagas serão prioritariamente para estudantes de Trompa. Porém, havendo vagas remanescentes, o 1º Encontro de Trompas de Cruzeta-RN se reserva o direito de aceitar candidatos de outros instrumentos e regentes de bandas que tenham profundo interesse em participar dos seminários como ouvintes. Vagas limitadas por ordem de inscrição.

Confira a programação completa, conheça um pouco dos Professores e realize sua inscrição no Site http://i-enconto-de-trompa-de-cruzeta.webnode.com/ 

Fonte: Filarmônica 24 de Outubro


6 de agosto de 2017

Orquestra Sinfônica ou Filarmônica – qual a diferença?

Basicamente nenhuma!
Geralmente uma orquestra sinfônica é mantida pelo poder público, federal, estadual  ou municipal. Já uma orquestra filarmônica é mantida por uma associação de amigos, uma entidade organizada que capta recursos para a manutenção do grupo.
Mas a quantidade de instrumentos é a mesma, o repertório é o mesmo – tudo igual. São igualmente famosas e importantes orquestras como a Filarmônica de Berlim, a Filarmônica de Viena, a Sinfônica de Londres ou a Sinfônica de Chicago.
Na sua origem, o termo filarmônico está relacionado a filarmonia. “Filo”, (no grego philos), exprime a noção de amigo e harmônico (harmonikos) exprime a noção de harmonia, de equilíbrio.
Assim, filarmônica pode designar tanto uma agremiação ou sociedade musical quanto uma orquestra sinfônica.
No passado tínhamos (e ainda temos algumas) as Filarmônicas, que eram bandas organizadas e geridas por associações de amigos – as filarmônicas eram bandas civis e se denominavam assim em contrastes com as bandas, que eram, geralmente, militares. Daí que, durante muito tempo, o termo filarmonia esteve associado a uma sociedade de amadores de música.
O livro de Teoria Musica, do Professor Bohumil Med traz a seguinte definição:
Orquestra Filarmônica: orquestra de amadores; sociedade musical (filo – filantropia); orquestra financiada por empresas ou grupos de pessoas, sem fins lucrativos.
Orquestra Sinfônica: orquestra de profissionais; orquestra financiada pelo estado.
Entretanto, o próprio autor observa que essa diferenciação desapareceu no século XX. Atualmente, completa Bohumil, os dois termos são usados para designar orquestras profissionais.
Assim, filarmônica ou sinfônica, o importante é ir aos concertos e desfrutar das apresentações desses grupos para os quais foram criadas verdadeiras obras-primas!
Fonte: Blog do Maestro

4 de agosto de 2017

Banda Euterpe Jardinense se apresentará nesta sexta-feira 4 de Agosto na casa de cultura popular "Poeta Antídio de Azevedo" .

A Banda de Musica Euterpe Jardinense se apresentará hoje as 18:30 na abertura do Evento de culminância do "Programa Trilhas Potiguares",que acontecerá na Casa de Cultura Popular de Jardim do Seridó/RN.
A proposta do evento é a realização de uma noite de cultura  através da apresentação da Banda Euterpe e exibição do Filme "O Pequeno Príncipe". O objetivo é de fazer com que a população possa conhecer mais o trabalho da Banda Euterpe e que todos tenham acesso a um filme que foi baseado em uma das maiores obras da literatura internacional , conhecendo assim as ações do Programa Trilhas Potiguares.