21 de maio de 2018

DOBRADO: UMA MÚSICA GENUINAMENTE BRASILEIRA

Dobrado 220 - Avante Camaradas
O dobrado é o estilo musical que desde o seu surgimento até os dias atuais mais identifica as bandas musicais brasileiras. Desta forma, nada mais justo e pertinente de que abordar o seu processo histórico, sendo primordial para isso a busca de suas origens, seu desenvolvimento e constituição como gênero musical mais tradicional das bandas de música nacionais.
Pode-se dizer que as origens do dobrado encontram-se nas incursões militares da antiguidade, mais especificamente nas cadências utilizadas pela infantaria e marcadas por tambores e instrumentos de sopro rudimentares que com o passar do tempo foram sendo desenvolvidos e aperfeiçoados até formarem as bandas militares. Com efeito, é possível perceber basicamente três tipos de cadência para as diversas situações táticas de deslocamentos militares da infantaria, são eles:

"o passo de estrada, que é uma marcha lenta e pesada, usual nos longos percursos; o passo de parada ou passo ordinário, que é uma marcha bem mais rápida, com andamento próximo ao dobro do anterior, utilizada em desfiles, continências e paradas militares; e o passo acelerado, marcha de ataque para a tomada de pontos do terreno ou na carga sobre as linhas inimigas." (ROCHA, p.08)

Além disso, as bandas militares passaram a sentir a necessidade de aumentar as composições, isso devido ao intuito de estender a duração da música militar para atender um maior percurso no deslocamento das tropas sem que tivesse que reiniciar a mesma marcha em um pequeno espaço percorrido. Assim sendo, a marcha militar (música) “foi alterada com uma dobra no numero de compassos de 16 para 32 compassos dentro de cada parte que compõem a forma tradicional deste tipo de composição” (SOUZA, 2009).

Com o passar dos anos o “passo ordinário” conhecido também por “passo dobrado” passou a designar, além da marcha (andamento) as marchas (composições) das paradas, continências e desfiles, surgindo daí os gêneros musicais “ pás-redoublé” francês, “pasodoble” espanhol e a marcha militar de “passo dobrado” em Portugal, que é ancestral direta do dobrado brasileiro. (DANTAS, apud SOUZA, 2009). 

No Brasil, o “passo dobrado” europeu passou a ser executado em todo território nacional durante o século XIX, recebendo influências de vários outros gêneros musicais assim como de outras formas e especificidades culturais do país. Dessa maneira, o “passo dobrado” no país foi se distanciando cada vez mais da caracterização original do estilo europeu e foi se consolidando paulatinamente como uma marcha brasileira diferente da européia e norte-americana, com características próprias e recebe a denominação de “dobrado” o qual nesse momento já possuía “características melódicas, harmônicas, formais e contrapontísticas que o distinguiam de outros gêneros musicais, permitindo assim a sua inclusão no rol dos gêneros musicais genuinamente brasileiros”. (ROCHA, p.09)

E assim se deu o processo histórico do Dobrado Brasileiro, que hoje encanta e abrilhanta as festividades cívico-religiosas e concertos de bandas de música em todo país.


Por: Antônio Ferreira Dantas Júnior (Junhão)

20 de maio de 2018

II Encontro norte-rio-grandense de Bandas Filarmônicas acontece próxima semana na Arena das Dunas.

O SESI-RN, em comemoração a Semana da Indústria, está com programação especial em ações nos interiores e na capital potiguar. Entre essas ações está o II Encontro norte-rio-grandense de Bandas Filarmônicas que acontece na próxima sexta-feira (25), na área externa da Arena das Dunas, a partir das 18h. O evento é totalmente gratuito e livre para todas as idades.
Coordenado pelos maestros Eugènio Graça e Bembem Dantas, o propósito do Encontro que já está em sua segunda edição é dar visibilidade, valorizar a musicalidade e fortalecer as filarmônicas do estado do Rio Grande do Norte. Entre as bandas participantes, estão: Banda Filarmônica 24 de Outubro – Cruzeta; Banda de música Euterpe Jardinensse – Jardim do Seridó; Banda Filarmônica Onze de Dezembro – Carnaúba dos Dantas; Banda Filarmônica Joao Roberto Paz e União – Santa Cruz; BAMUSGA, banda de musica de São Gonçalo – São Gonçalo do Amarante; Filarmônica da Juventude – Florânia; Filarmônica maestro Felinto Lúcio Dantas – Acari e Banda Filarmônica de Mãe Luzia – Natal. No total, são oito bandas e 320 músicos reunidos em um só lugar.
Além das filarmônicas haverá a participação da SESI Big Band que, regida por Eugènio Graça, prepara um espetáculo especial para o encerramento do evento com duração de uma hora (1h), passeando por ritmos como o Jazz, Latin jazz, baião e choro.
Fonte: Marcos Dantas

Banda Euterpe Jardinense apresentou-se na 1ª Feira do Empreendedor da UVA(Faculdade do Vale do Acaraú).

Na noite da última sexta feira,18 de maio, a Banda Euterpe esteve marcando presença na 1ª  Feira do Empreendedor da UVA(Faculdade do Vale do Acaraú) que aconteceu na Praça Manoel Paulino dos Santos Filho.

















16 de maio de 2018

A Banda Euterpe Jardinense mais uma vez deu um show em praça pública.


Na noite do último sábado, 12 de Maio, a Banda Euterpe Jardinense sob a regência do Maestro Sansão, apresentou um repertório bem diversificado que agradou a gregos e troianos.

A Banda Euterpe arrancou aplausos do público presente no concerto, e no final pediram para que o maestro regesse mais uma peça musical.

Parabéns ao maestro e a seus comandados pela belíssima apresentação.



11 de maio de 2018

Banda Euterpe Jardinenese apresenta "Retreta na Praça" em homenagem ao Dia das Mães.

A apresentação será no próximo dia 12 de maio, sábado, na Praça Manoel Paulino dos Santos Filho, às 19:30h.

Sob a regência do maestro José Ivanaldo(Sansão), a Banda Euterpe traz um repertório variado, composto por MPB, xote, baião,valsas e dobrados.

"As mães que estarão passeando com a família na praça poderão para um pouco e apreciar uma boa música. Esperamos que as mães aproveitem e curtam o momento delas."

7 de maio de 2018

O Bog do Programa Coreto esteve na cidade de Acari/RN visitando a Filarmônica Maestro Felinto Lúcio Dantas.

No último Domingo, 6 de Maio, o administrador do Blog do Programa Coreto(Glauco Espinola), esteve visitando a sede da Filarmônica Maestro Felinto Lúcio Dantas. Para nossa surpresa, a Filarmônica estava ensaiando o dobrado "Flay" do grande compositor Orilo Segundo.

A Filarmônica da cidade de Acari/RN está passando por um processo de renovação de músicos, onde a maioria dos componentes são jovens promessas.  




1 de maio de 2018

A Banda Euterpe Jardinense esteve abrilhantando a procissão de encerrameto da Festa de São José Operário, padroeiro do Bairro Bela vista.

Na tarde de hoje, 01 de Maio, a Banda Euterpe Jardinense participou da Procissão de encerramento da Festa  de São José Operário no Bairro Bela vista. 

A banda participou da santa missa e logo após percorreu as principais ruas do bairro executando as lindas Marchas graves(Marcha de procissão), sob a regência do Maestro Sansão.