sábado, 23 de março de 2013

2º COLÓQUIO PARA CLARINETISTAS - PEDAGOGIA, PERFORMANCE E PESUISA



UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
ESCOLA DE MÚSICA
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MÚSICA

27 e 28 DE MARÇO DE 2013 

Clarinetistas Convidados
Luís Afonso Montanha (USP)
Johnson Machado (UFG)
Daniel Oliveira (Artista da Rico)
Ivan Sacerdote (Salvador)

Coordenação e Realização
 Joel Barbosa e Pedro Robatto

COLABORAÇÃO

RICO

 PROGRAMAÇÃO

27 DE MARÇO (Quarta-feira)

Escola de Música
Sala 102
8:45 – Abertura

09:00 – Recital de Abertura
Samuel de Oliveira - Clarineta
Hamurábi Ferreira – Piano
Jean Marques – Fagote

Auditório
10:00 - Máster Class
Luis Afonso Montanha

12:00 - Intervalo

14:00 - Palestra: Boquilhas e Palhetas Rico
Daniel Oliveira

15:00 – Recital
Cairon Félix - Saxofone
Davysson Lima – Saxofone
Saulo Gama - Piano
Ivan Sacerdote - Clarineta

28 DE MARÇO (Quinta-feira)

Escola de Música
Auditório
09:00 – Recital
Clarinetistas de Salvador

09:30 - Palestra
Dialogue de l'Ombre Double de Pierre Boulez
Luis Afonso Montanha

10:00 - Máster Class
Johnson Machado

12:00 - Intervalo

14:00 – Recital
Clarinetistas de Salvador

16:00 - Mesa Redonda
Ansiedade de Performance e Medo de Palco
Meryelle Nogueira Maciente
Geisiane Rocha
Pedro Robatto
Mediadora: Diana Santiago

17:00 - Recital de Encerramento
Johnson Machado
Daniel Oliveira
Larissa Martins - Piano

CONVIDADOS:

Luis Afonso Montanha

Luís Afonso Montanha é professor de clarineta do Departamento de Música da Universidade de São Paulo (USP), primeiro clarinetista da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo. Obteve o bacharelado em clarineta pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1991), grau de doutor em musicologia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Montanha toca clarineta e clarone em diversos conjuntos de música de câmara, entre eles estão o Quinteto de Clarinetas Sujeito a Guincho, o Duo Clarones (com Henri Bok, professor do Conservatório de Rotterdam da Holanda), o ClarinEtc e o Opus Brasil.

Durante os anos de 1995 e 1996, ele completou o mestrado no Conservatório de Rotterdam, obtendo o mais alto grau, tendo Walter Boeykens e Henri Bok como seus professores. Recebeu diversos prêmios: Jovens Instrumentistas do Brasil, 1987 e 1988, Jovens Solistas da OSESP, 1988 e 1989, Jovens Solistas da OSPA, 1988, Prêmio Eldorado de Música, segundo colocado como solista, 1993, e primeiro como Quinteto Sujeito a Guincho, 1995, e Sharp Music Award com o Quinteto Sujeito a Guincho, 1997.

Montanha é convidado regularmente como professor em festivais e encontros no Brasil e no exterior, assim como solista e camerista em concertos e recitais no país, Europa e EUA, tocando, inclusive, importantes premiéres de obras para clarineta e clarone.

Luís Afonso Montanha toca com instrumentos Selmer.

Lattes: https://uspdigital.usp.br/tycho/CurriculoLattesMostrar?codpub=A7A0B237C40A
Fonte: www.lamontanha.wordpress.com

Johnson Machado

Johnson Machado é professor da Escola de Música & Artes Cênicas da Universidade Federal de Goiás (EMAC/UFG). Possui o doutorado em música (Performance em Clarineta) pela The University of Kansas/EUA, como bolsista da CAPES/FULBRIGHT, com orientação da Dra. Roberta Schwartz e Dra. Stephanie Zelnick. Mestrado em Música (Performance em Clarineta) pela The University of Miami (1998), sob orientação da Dra. Margaret Donaghue, Especialização pela UFRJ (1994) com o Prof. José Carlos de Castro e Bacharel em Clarineta pela Universidade de Brasília (1991) na classe do Prof. Luiz Gonzaga Carneiro. No Brasil, participou da Banda do Colégio Piamarta (Fortaleza); estudou no Conservatório Alberto Nepomuceno (Fortaleza); no Curso de Licenciatura da Universidade Estadual do Ceará/UECe (1986); no Conservatório de Tatuí/SP, com o Prof. Nivaldo Donegá (1987); Festival de Campos do Jordão, Curitiba e Vitória com José Botelho; e Festival de Brasília, com Paulo Sergio Santos.

Atuou, ainda, sob a Batuta dos seguintes Maestros: Isaac Karabtchevsky, Henrique Morelenbaum, Sílvio Barbato, Ernani Aguiar, Leonardo Bruno, Helder Trefzger, Modesto Flávio, Glicínia Mendes, Thomas Sleeper, Gary Green, John Lynch, David Neely, Emílio de Cesar, Joaquim Jayme, entre outros. Nos EUA, participou do Brevard Music Festival, estudando com o Prof. Steve Cohen, bem como Masterclass com Elsa Verderhn, David Shrifin, Maurita Mead, Loren Kitt, Paul Garner e Michael Wayne. Já se apresentou como solista com a Orquestra Sinfônica da UFRJ, da Orquestra Filarmônica do ES, com a Camerata Capixaba e a Orquestra Jovem de Goiás.

Atuou ainda como professor na Faculdade de Música do Espírito Santo (1992 a 1995 / 1998 a 2005), como Principal Clarinetista da Orquestra Filarmônica do Espírito Santo (1990 a 1995 / 1998 a 2005), do Zelten Trio, do Vitória-Kegelstatt Trio, Fames Big Band, Grupo Choramingando (Fundador) e do Quarteto Vitória Jazz. Paralelo a essas atividades, desenvolve pesquisa sobre Música Contemporânea, Chôro e Jazz.

É compositor, arranjador e saxofonista, onde, em 2004 lançou o CD Solo Choramingando, onde assina todas as composições. Johnson Machado participou do ClarinetFest2008 em Julho passado, Festival realizado pela International Clarinet Association, na cidade de Kansas City/EUA, onde estreiou a obra Sonatina (2007) para Clarineta & Piano, bem como a execução da peça Estudo I (solo), ambas de sua autoria. Presente também no 2008 International Coleman Hawkins Legacy Jazz Festival, EUA, em Junho/2008.

Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4791120U8
Fonte: http://www.emac.ufg.br/sites/emac_mestrado/pages/31454


Daniel Oliveira 

Graduado em Clarineta pela IA-UNESP em 2007 na classe dos professores: Sergio Burgani e Luis Afonso Montanha. Realizou aulas de aperfeiçoamento com Mauricio Loureiro – UFMG, Joel Barbosa –UFBA e André Ehrlich.

Desde 2010 é primeiro clarinetista-solista da Orquestra de Ópera do Theatro São Pedro e atua como convidado em diversos grupos como: OSESP, Bachiana Filarmônica  Sesi-SP e Percorso Ensemble.

Na música de câmara atua nos grupos 4uarteto, Clownrinetas Duo e Duo Homenagens com o clarinetista Diogo Maia, Duo Sergio Burgani e Daniel Oliveira e Ensemble Música Nova.

É professor da Escola de Música da Hebraica, Escola Superior de Música da Faculdade Cantareira. Trabalha como assessor do Projeto Guri Santa Marcelina onde é responsável pela elaboração do método de clarineta e treinamento dos monitores.

Desde 2007 desenvolve e trabalha na melhoria dos clarinetes Devon&Burgani, projeto esse pioneiro por utilizar tecnologia 100 % nacional.
Recebeu em 2007 o prêmio Novos Talentos da Música Brasileira, prêmio esse concedido pela Casa de Cultura de Israel.

Daniel Oliveira é artista Rico Reeds.

Informações enviadas pelo pianista e musicólogo Marcos Moreira


Nenhum comentário:

Postar um comentário