quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

PUBLICAÇÃO VALORIZA BANDAS DE MÚSICA



 
O Conservatório Pernambucano de Música recebeu o lançamento do livro “O Papel das bandas de música no contexto social, educacional e artístico”, do sociólogo Renan Pimenta de Holanda Filho. O evento encerrou a Semana da Músia, com apresentação da Banda Sinfônica do Conservatório. 

Na obra, as bandas de música são analisadas a partir de suas origens históricas e evolução, além do caráter estruturador delas, uma vez que se destacam também como instrumento voltado à formação profissional dos seus integrantes. A abordagem inclui a atuação desses grupos, sobretudo, em municípios interioranos, quartéis, igrejas e escolas. O livro, fruto de anos de pesquisa e vivência do autor em bandas de música, explora ainda as imbricações desses grupos com o universo circense, com o teatro e o Carnaval.

“A banda musical numa cidade do interior exerce grande influência nos vários setores da vida comunitária como sen¬do: social, artístico e cultural. Abrilhantando os festejos popu-lares, por exemplo, o Carnaval, as festas juninas, as retretas dominicais. A banda desperta a sociabilidade”, destaca o regen¬te e compositor José Mene¬zes, em texto de apresentação. Renan Pimenta dirige há mais de 20 anos a Banda Euter¬pina Juvenil Nazarena e atuou na fundação da Federação das Bandas de Música de Pernambuco.    

Fonte: http://www.folhape.com.br/index.php/caderno-programa/605412-publicacao-valoriza-bandas-de-musica

2 comentários:

  1. SE EXISTE ALGUEM EM PERNAMBUCO QUE RESPIRA MÚSICA , ESSE É RENAM PIMENTA DE HOLANDA FILHO. UM FORTE ABRAÇO RENAM E CONTINUE LUTANDO PELA CAUSA POIS ELA É MUITO IMPORTANTE PARA A FORMAÇÃO DE UMA SOCIEDADE.UM FORTE ABRAÇO DO SEU AMIGO ROBERTO(INHO)

    ResponderExcluir
  2. nós pernambucanos temos um tesouro nas mãos, pois ja fiz parte da banda euterpina comercial de timbaúba. hoje não vivo da música mas ela foi a base da minha formação como cidadão, e sei o valor q ela representa na vida de nossas crianças, jovens e adolescentes,hoje moro no RIO DE JANEIRO ,e uma vez comentando com uma professora q na minha cidade é preciso apenas um caderno de música e uma caneta para se aprender música, a mesma não acreditou e afirmou que gastava caro aqui no rio para que seu filho aprendese música. imagina si ela soubese que lá existe não so uma banda de músicas ensinando de graça a nossas crianças e sim duas FALO DA EUTERPINA COMÉRCIAL DE TIMBAÚBA E A 1 DE NOVEMBRO nossos governates locais deveriam si orgulhar dessa cultura viva q luta contra o tempo e a modernidade e que continuam fazendo a diferença na vida de nossa juventude pois não precisa muito so um pouco de boa vontade. um forte abraço atodos que abraçam a causa e que continuem pois vale apena ROBERTO (inho)

    ResponderExcluir